domingo, 23 de novembro de 2008

"BOLAS DA MINHA VIDA" - LEITURA DE UM QUADRO

.

Malay(*)


De pequenino, os berlindes, eram os joelhos pelo chão, as calças com remendos de carneira.

Depois veio o ténis, comecei como “apanha bolas” dos meus pais, aos três anos. Quando, começou a ser mais sério, passei eu a jogar.

Hoje, jogo “snooker” com os meus amigos... com a minha mãe é desespero completo, e, sozinho, procuro seguir os passos dos grandes “craques” mundiais, através do pequeno ecrã.

Só que, já estou a chegar à idade, de dizer __”Bolas!...”, porque nem sempre as coisas são como as idealizamos...



FELIZMENTE HÁ NATAL!...




FOI FEITO PELO J.P. EM 1998.
 ESTEVE GUARDADO 10 ANOS - é a altura de voltar a sair...


São estas pequenas "relíquias" que fazem da "época natalícia" uma época mágica __ o trabalhinho feito na escola pelo filho, pelo sobrinho...; a pequena lembrança feita pela mãe, pela amiga...; a visita há tanto tempo prometida...

São estas pequenas "relíquias" que nos fazem dizer: __"Ainda bem que há Natal!..."

Para mim, "Natal, Natal" é isto mesmo...




A MAIOR OBRA DE LEONARDO da VINCI!...



(Foto retirada da NET)


"Limitemo-nos a ser nós próprios e não outra pessoa..."


Quando perguntaram a Leonardo da Vinci qual fora a maior obra da sua vida, ele respondeu: __”Leonardo da Vinci”


A este respeito, os mestres zen, não nos pedem para sermos algo ou alguém que não somos. Em vez disso, pedem-nos para sermos aquilo que somos da forma mais verdadeira e completa...




Leonardo da Vinci terá sido um dos homens mais facetados e geniais da Humanidade.

Ele destacou-se como cientista, matemático, engenheiro, inventor, anatomista, pintor, escultor, arquitecto, botânico, poeta e músico. É ainda conhecido como o precursor da aviação e da balística. Leonardo foi descrito, frequentemente, como o exemplo mais perfeito do homem do Renascimento, alguém cuja curiosidade insaciável era igualada apenas pela sua capacidade de invenção. É considerado um dos maiores pintores de todos os tempos e, possivelmente, como a pessoa dotada de talentos mais diversos a ter vivido.




ATELIER - FASES NA EXECUÇÃO DE UM QUADRO








Os pormenores já começaram. Agora é só partir, estalar, envelhecer, qual miúdo pequeno.






O azulejo e o cavalo já levaram um avanço... Nestes, fui pintora de 1ª linha, quase na totalidade... Faltam os acabamentos, mas a base já lá está.



ETAPAS NA EXECUÇÃO DE UM QUADRO - O PIÃO





(Quadro em execução para exposição de comemoração do "Ano do Marquês" - Oeiras)


Já rodopia... Já se vai libertando no tempo, no espaço e da tela.
O tempo roda, sucede-se, atropela-se... mas continua, sempre, sempre, sem parar... tal como pião em mãos de menino rabino. Cabe-nos a nós tentar controlá-lo para que, com ele, possamos girar sempre e sempre a bom passo...




CARTA DE OLÍVIA - "OLHAI OS LÍRIOS DO CAMPO"



" Os Lírios", Van Gogh
.


CARTAS DE OLÍVIA


__ "O dia mais importante da minha vida foi aquele em que, recordando todos os meus erros, achei que já chegara a hora de procurar uma nova forma de ser útil ao próximo, de dar novo rumo às minhas relações humanas.

Que é que eu tinha feito se não satisfazer os meus desejos, o meu egoísmo? Podia ser considerada uma criatura boa apenas porque não matava, porque não roubava, porque não agredia?

A bondade não deve ser uma atitude passiva.

No dia em que achei Deus, encontrei a paz para mim e, ao mesmo tempo, percebi que, de certa maneira, não havia paz para mim.

Descobri que, a paz interior só se conquista com o sacrifício da paz exterior. Era preciso fazer alguma coisa pelos outros.

O Mundo está cheio de sofrimento, de gritos de socorro.

Que tinha eu feito, até então, para diminuir esse sofrimento, para atender a esses apelos?

Eu via em meu redor pessoas aflitas que, para se salvarem, esperavam apenas a mão que as apoiasse, nada mais do que isso.

E, Deus, dera-me as duas mãos!

Pensei em tudo isso numa noite de insónia. Quando o dia nasceu, sentia que tinha nascido de novo com ele. ERA UMA MULHER NOVA."
Este foi o texto que mais me marcou em toda a minha vida. Também eu tenho duas mãos. Mas, na maior parte das vezes, não sei o que fazer com elas."







ARTE SÓ É ARTE QUANDO...


.



(Quadro de Picasso - "Les Demoiselles de Avignon" - NET)

 
"A ARTE só é ARTE quando...
 o artista é mais um tijolo na intervenção global..."
Citado pelo Prof R.A.


Joan Baez - PERSISTÊNCIA... CAPACIDADE DE DECISÃO

.


"PERSISTÊNCIA"
 (O meu primeiro trabalho a espátula)




"NÃO PODEMOS DECIDIR QUANDO VAMOS MORRER OU COMO ...
MAS PODEMOS DECIDIR COMO VAMOS VIVER AGORA..."

(Joan Baez)


Joan Baez, é uma das minhas cantoras preferidas de sempre.

Joan Chandos Baez (Staten Island, 9 de janeiro de 1941) é uma cantora norte-americana de música "folk", conhecida pelo seu estilo vocal distinto e opiniões políticas apresentadas abertamente.

Joan Baez foi compositora e intérprete de música popular desde o início 1960 até os dias de hoje.
 
A carreira profissional de Baez começou em 1959 no "Newport Folk Festival", onde, com 18 anos, foi a grande revelação.  Com apresentações regulares, Joan Baez tornou-se um fenómeno artístico. É assim que, em 1963, já era considerada uma das cantoras mais populares dos Estados Unidos. Em 1964 lança o disco Joan Baez/5, incorporando neste trabalho uma seleção de populares canções "folk" dos Estados nidos e da América Latina, com destaque para interpretações de composições de músicos brasileiros como Villa-Lobos. Além de "folk" tradicional e canções de protesto, ajudou a promover Bob Dilan, impressionada com suas composições iniciais.
 

 

 


O album dela que mais ouvi:

(Informações e foto retiradas da NET)
 



PENSAMENTOS... Gabriel Garcia Marquez






" NÃO SERÁS RECORDADO PELOS TEUS PENSAMENTOS SECRETOS.
PEDE AO SENHOR A FORÇA E A SABEDORIA PARA OS EXPRESSAR."

.
Gabriel Garcia Marquez


.

.
Quantos de nós não temos os nossos ideais, as boas intensões...
 __ e onde ficam a coragem e vontade de os pôr em prática?

(Fotos retiradas da NET)


FALAR VERDADE...








Diz sempre o que pensas e faz o que sentes,
ou seja,
"Diz sempre o que sentes e faz o que pensas"...




(Imagens retiradas da NET)



"INDIFERENÇA" - Érico Veríssimo





"O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença"

Érico Veríssimo





Filho de família  abastada  que se arruinou, Érico não teve um vida muito fácil depois que seu pai farmacêutico perdeu a propriedade da farmácia e os seus progenitores se separaram. No colégio, foi um aluno que se destacou tendo sempre as melhores notas da turma, apesar de destestar a Matemática. Para que o seu irmão Ênio pudesse prosseguir os estudos viu-se obrigado a trabalhar como balconista primeiro no armazém so Tio Arménio e depois no Banco Nacional do Comércio, para além de fazer traduções. Além de farmacêutico, Érico também trabalhou como professor de literatura e língua inglesa.

Em 1927, Veríssimo conheceu sua futura esposa, Mafalda Halfen Volpe, então com quinze anos, e os dois ficaram noivos em 1929. Nesse mesmo ano, publicou-se o primeiro texto de Veríssimo: Chico: um Conto de Natal.

Em 1931, Érico regressa a Cruz Alta, para se casar com Mafalda Volpe, e os dois passam a morar em Porto Alegre, onde Érico havia obtido certa estabilidade financeira. Eles tiveram dois filhos: Clarissa Verissimo (1935) e o também escritor Luis Fernando Verissimo (1936). O casamento deles foi bastante feliz, e Érico escreveu mais tarde que, sem a paciência e o bom-senso da esposa, sua carreira de escritor teria sido impossível. Em Porto Alegre, trabalhou ainda na Livraria e Editora Globo



Em 1938, Érico Veríssimo publicou sua primeira obra de repercussão nacional e internacional, Olhai os Lírios do Campo, que foi traduzido do inglês ao indonésio.



"Posso afirmar que só depois do aparecimento de "Olhai os Lírios do Campo" é que pude fazer profissão da literatura."  — Érico Veríssimo





PINTURA ABSTRACTA __ VÁRIAS PERSPECTIVAS / MÚLTIPLAS VARIANTES













Vantagens de um pintura abstracta __ Tem tantas variantes!... E pode representar tantos estados de espírito.





NATAL TODOS OS DIAS... COMO?!...




(Imagem retirada da NET)


Natal é quando quisermos, já que, “NATAL”, significa "NASCIMENTO" QUE PODE SER de uma amizade, de um projecto, de um filho ou de Cristo.

Por isso, em que altura do ano podemos dizer __”Feliz Natal!” ? Só nas vésperas do “Dia de Natal” dos cristãos? E, para todos os outros?!... Quando é o Natal?

Neste momento, para mim, o Natal é apenas uma data que serve de pretexto para se juntar a família, para lembrarmos quem nos quer bem ou a quem queremos retribuir uma gentileza...

Ora se, nós fizermos, todos os dias, uma destas coisas. Então, passa a ser Natal, todos os dias...



sábado, 22 de novembro de 2008

PINTURA E FANTASIAS - Experiência com tinta acrílica e de óleo



UMA NOVA TÉCNICA DE PINTURA


 "BRILHOS"

 "ÂNFORA"

 "VULTOS"

 "GEISERS"


COMO FAZER?...


Sobre a tela são vertidas tinta acrílica diluída em água e tinta de óleo diluída num pouco de óleo de linho. De preferência, em pequenas porções, o que vai depender das dimensões do quadro e dos efeitos desejados. Podemos utilizar pequenos recipientes e fazer as misturas de cada côr em cada um deles para o momento (por exemplo,  copos de plástico descartáveis para café ou água) ou arranjar pequenos frasquinhos que vedem bem para podermos conservar as tintas fluidas durante algum tempo.

Os resultados são entusiasmantes... As formas vão surgindo à medida que as tintas vão interagindo umas com as outras, misturando-se mais ou menos rapidamente. Caso queiramos, podemos ir fazendo oscilar a tela em várias direcções e com maior ou menor inclinação, de modo a fazer escorrer as tintas da forma que acharmos melhor. Esta movimentação das tintas a acompanhar os movimentos que imprimimos à tela dá origem a resultados mais interessantes...

Nesta técnica, dificilmente saberemos qual o resultado final. De facto, quem decide onde colocar as tintas com as diversas cores e quantidades, somos nós; quem decide como fazer, ou não, movimentar a tela nos vários sentidos e com maior ou menor inclinação, somos nós... Mas o resultado final, quer queiramos quer não, também é obra do acaso.