quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

HAPPY NEW YEAR!

.







Em Bangkok ou noutro ponto do Mundo,

qualquer marco ou computador serve,

para vos desejar um ano de 2009 cheio de boas surpresas e coisas agradáveis...


.


NÃO SE ESQUEÇAM DE SER FELIZES...






.
"A vida na Terra é somente uma passagem,
no entanto,
algumas pessoas vivem como se fossem ficar eternamente,
e esquecem-se de ser felizes."


a.d.





NÃO SE ESQUEÇAM E...




FAÇAM FAVOR DE SER
.
FELIZES NESTE NOVO 2009!





.

O VALOR DAS COISAS - (Fernando Pessoa)







O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade em que elas acontecem.
Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis".


Fernando Pessoa
.

(Texto e imagens retirados da NET)



terça-feira, 30 de dezembro de 2008

DIZ MARK TWAIN - "ESTADOS DE ESPÍRITO"

.



(Foto retirada da NET)


Porque será que nos sentimos alegres num nascimento e tristes num funeral?
Porque não somos a pessoa em causa.

Mark Twain


OBS. Dá que pensar...



.

DIZ MARK TWAIN - "...FORTUNA..."

.





"Costuma dizer-se que, uma vez na vida, a fortuna bate à porta de todos nós;
.
mas acontece que, na maioria dos casos, estamos na sala ao lado e nem sequer ouvimos."
.
Mark Twain





Mark Twain


Samuel Langhorne Clemens (Florida, Missouri, 30 de novembro de 1835 — Redding, Connecticut, 21 de abril de 1910), mais conhecido pelo pseudônimo Mark Twain, foi um escritor e humorista norte-americano. É mais conhecido pelos romances "The Adventures of Tom Sawyer" (1876) e sua sequência "Adventures of Huckleberry Finn" (1885), este último frequentemente chamado de "O Maior Romance Americano".


(Informação e imagens retiradas da NET)




domingo, 28 de dezembro de 2008

DIZ LORD BYRON... - "...ALEGRIAS E FELICIDADE..."

.



" Só teremos alegrias se as repartirmos: a felicidade nasceu gémea."

Lord Byron
.
 ...e que sabor tem...




 



George Gordon Byron, 6º Barão Byron (Londres, 22 de janeiro de 1788 — Missolonghi, 19 de abril de 1824), melhor conhecido como Lorde Byron, foi um destacado poeta britânico e uma das figuras mais influentes do Romantismo, célebre por suas obras-primas, como "Peregrinação de Child Harold" e "Don Juan" (o último permaneceu inacabado devido à sua morte iminente). Byron é considerado como um dos maiores poetas europeus, é muito lido até aos dias de hoje.



Toda a obra de Byron, que exprime o pessimismo romântico, com tendência para se voltar contra os outros e contra a sociedade, pode ser vista como um grande painel autobiográfico. Foram novos, na sua postura, o tom declarado de rebeldia ante as convenções morais e religiosas e o charme cínico de que seu herói demoníaco sempre se revestiu.

A fama de Byron não se deve somente aos seus escritos, mas também à sua vida — amplamente considerada extravagante e desregrada.




(Imagens e informação retiradas da NET)




DIZ T. BARRIÈRRE - "...VERDADES..."

.





"É só falando o menos possível que se tem alguma probabilidade de dizer verdades"
.
T. Barrière


OBS. - É o grande problema dos tagarelas...
.

DIZ PITÁGORAS - "MULHERES BRIGANDO..."

.





"Se encontrares várias mulheres brigando, segue o teu caminho."
Pitágoras

.
OBS. - O machismo já vem de longe!...



DIZ JOSÉ DE MAISTRE - "EXAGERO..."

.




"O exagero é a mentira da pessoa honesta..."
José de Maistre


.
OBS.  - O pior é quando andamos sempre a exagerar...


sábado, 27 de dezembro de 2008

DIZ GREY - "O CAMINHO MAIS CURTO..."

.





"O caminho mais curto para fazer muitas coisas
é fazer uma só de cada vez."
Grey
.

OBS. Esqueceu-se de que existem as mulheres!...



.

DIZ O POVO - "O TEMPO TUDO CURA..."

.




"O tempo tudo cura menos a velhice..."
Adágio popular
.

OBS. ...e o vício pela NET...

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

DIZ ALFONSO ALLAIS - " O PREGUIÇOSO..."

.




"O preguiçoso é o homem que não finge que trabalha..."

(Alfonso Allais)
.

OBS. O pior é quando fingimos demais...







Alphonso Allais


Alphonso Allais, foi um jornalista, pintor e escritor francês. Nasceu na Normandia em França em 1854 e morreu em 1905. Publicou muitas obras algumas das quais como coautor.


Foi uma figura popular, conhecida pelo grande público, abrangendo os mais variados tipos de leitores, apesar de não ter sido tão reconhecido no meio dos colegas a nivel literário e intelectual.




quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

UM "SPLASH" EM DEZEMBRO... PARA UM FELIZ ANO NOVO!

.









Espero que este final de ano seja:
.
um "SPLASH" de cereja...
.
um revigorar para o novo ano que se aproxima...
.
um doce mergulhar nestes dias que passam rápido mas sabem bem...






.
um "SPLASH" gostoso em cada dia que vai passando...

(Imagens retiradas da NET) 

.



segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

sábado, 20 de dezembro de 2008

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

QUANDO NASCEMOS FORAM-NOS CONCEDIDAS TRÊS DÁDIVAS

.


.



 Quando nascemos, foram-nos concedidas três dádivas especiais :

As dádivas da vida, do amor e do riso.

Aprendamos a partilhar estas dádivas com o resto do mundo.
E o resto do mundo brincará alegremente connosco.

.E.J.Z.


A vida é comum a todos os seres vivos...
O amor é comum a muitos seres vivos...
O riso dizem que é exclusivo da espécie humana,
embora eu duvide...
.

(Imagem retirada da NET)

NÓS SOMOS QUEM SOMOS...

.


Muitas pessoas tentam ser alguém que não são...



Não sejamos uma delas... Nós já somos alguém:
 
Nós somos nós.
.

E só sendo quem nós somos poderemos ser felizes.

E.J.Z.

(Imagens retiradas da NET)



quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

UMA NOVA "LEITURA" DE - "PERSISTÊNCIA DA MEMÓRIA" DE DALI - ASSIM NASCEU UM "MALI"

.




(Imagem retirada da NET)


__"Mãe, mãe faz-me um Dali, é só o que eu quero...
É este "Memória do Tempo Esquecido"
.
E, assim, nasceu um "Mali" _ "Tempo de espera"!



Quem pinta dá a sua interpretação, intenção e leitura aos seus quadros. Sobretudo se eles não reproduzem uma cena do quotidiano ou da realidade. Assim, os elementos neles introduzidos terão um carácter simbólico, como acontece neste "Mali" do meu filho. Representa as várias formas de medir o tempo em que o nascimento dele é um ponto de referência __ foi entre as seis e sete da tarde.
   (A: Malay)
.
Há várias formas de medir o tempo: Através dos ponteiros do relógio em horas, minutos e segundos.
.
.



"Mas também se pode medir através dos dias da semana __ em que cada dia é como uma formiga que podemos pôr a trabalhar para ir construindo a vida, sobretudo procurando ser felizes, apesar do que ela tiver para nos dar". Por isso, no meu quadro represento as sete formigas, em vez das muitas que Dali representa no seus quatros cujo sentido desconheço.  




E, por fim, "há o antes e o depois do nascimento __ de um filho, de um projecto ou de uma amizade". A forma estranha de bico de pato com o enorme olho que parece estar ligada à representação do próprio Dali pouco me diz. Daí o tê-la transformado numa forma mais suave e feminina que sugere o ventre de uma mulher grávida.
.
.



Tenho sido tão felizarda que consigo medir o tempo destas três maneiras. Obrigada a tanta gente e à sorte que me permitiram medir o tempo também da terceira maneira...



sábado, 13 de dezembro de 2008

DITADOS CHINESES - "A MINHA CASA..."




Onde quer que vamos, é onde estamos...
Budismo


A minha casa ardeu...
... mas agora consigo ver as estrelas.
.
Provérbio Chinês
.
..
Exposição de Novembro de 2008
O Bugio de fundo...Um ponto de partida ou de chegada?!...


.

EXPOSIÇÃO "OUTROS OLHARES", O QUE POR LÁ SE VIU - ( IASFA / OEIRAS)

.




Convidados e amigos,
acompanharam-nos nesta pequena mostra de
cores, formas, texturas e estilos.



O que é sempre um incentivo para continuarmos...

.

O nú femininoHarmonias em azul...



"A Palavra I" de Sandra Carvalho

"Quietude II" de Daniel Neves


"Barcos na Areia" de Lurdes Baptista
Recanto...

S/ Título de Fernanda Labocha


"Frescura" de Lola

"Natureza Morta" de Júlio Seguro

EXPOSIÇÃO "OUTROS OLHARES" - COMO FOI? (IASFA /OEIRAS)

.



"OUTROS OLHARES"15 Novembro


"Outros Olhares" foi mais uma das nossas aventuras.
Mais um trampolim para voos mais altos, já em Janeiro...







A pintora Sandra Carvalho e a professora Anabela Faia ...
.
Um recanto...


Naturezas mortas


Uma panorâmica geral


Convidadas...


Uma amiga de longa data...


A nossa querida mestra.